Grupo Azul – Galeria de Fotos

Para finalizar o trabalho, fizemos um pequeno slideshow com algumas fotos que tiramos e não foram utilizadas nos outros posts.

Ah, e o slideshow tem de brinde uma surpresinha no final!

Published in: on julho 1, 2009 at 8:07 pm  Deixe um comentário  

As faces do Elevador Lacerda ao longo do tempo…

Crédito das fotos:

Fotos Antigas:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=684424

http://uranohistoria.blogspot.com/2009/03/parabens-salvador-pelos-seus-460-anos.html

Foto atual: Grupo Azul.

Published in: on junho 4, 2009 at 12:50 am  Deixe um comentário  
Tags: ,

Falando em patrimônio histórico…

Lá estávamos nós, do Grupo Azul, conhecendo mais do Elevador Lacerda quando encontramos um remanescente dos tempos antigos:

IMG_0238

Pois é, se vocês (como nós) nunca viram um hidrante em Salvador, podem descer o Elevador Lacerda e caminharem uns 50m para a direita. Lá está!

Só não vale estacionar na frente…

Published in: on maio 28, 2009 at 12:42 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,

Elevador Lacerda: “habitantes” das redondezas…

A praça Tomé de Sousa é a morada dos pombos…

Revoada de Pombos

Já no paredão entre a cidade alta e baixa encontram-se os que podem voar…

Passarinho_Paredão

 e também os que sabem escalar…

Lagartixa_Paredão

Por último a mosca, exibida e convencida posando no parapeito ao lado do elavador e com a imagem do forte de São Marcelo como plano de fundo…

Mosca Modelo

Published in: on maio 21, 2009 at 12:46 am  Deixe um comentário  
Tags:

Elevador Lacerda: um pouco de história

ElevadorFachada

O Elevador Lacerda

Reconhecido como um dos ícones mais importantes do turismo de Salvador, o famoso Elevador Lacerda trata-se de um equipamento urbano situado na Praça Cayru no bairro do Comércio próximo ao Mercado Modelo, e liga a Cidade Baixa à Cidade Alta. Oferece aos seus visitantes uma maravilhosa e panorâmica vista da Baía de Todos os Santos.

Um pouco da história…

Foi construído pelo engenheiro Augusto Frederico de Lacerda, sócio do irmão, o comerciante Antônio Francisco de Lacerda, idealizador da Companhia de Transportes Urbanos, utilizando peças de aço importadas da Inglaterra. As obras foram iniciadas em 1869 e, com os dois elevadores hidráulicos funcionando, em dezembro de 1873 ocorreu a inauguração, com o nome de Elevador Hidráulico da Conceição da Praia. Popularmente conhecido como Elevador do Parafuso, posteriormente seria renomeado como Elevador Lacerda (1896), em homenagem ao seu construtor.

Após sua inauguração, passou a ser o principal meio de transporte entre as duas partes da cidade. Inicialmente operando com duas cabines, atualmente funciona com quatro modernas cabines eletrificadas que comportavam vinte passageiros cada.

Na estrutura inicial os passageiros tinham de ser pesados individualmente, e o peso total dos passageiros a serem transportados era calculado, somando-os até atingir o limite máximo de segurança.

Elevador_Placa_Comparativo

Ao longo de sua história passou por quatro grandes reformas e revisões, a primeira em julho de 1906 para a sua eletrificação, a segunda em 1930 para adicionarar mais dois elevadores e uma nova torre que conferiu a atual arquitetura em estilo Art déco, a terceira no início da década de 1980 houve uma revisão na estrutura de concreto, a quarta no ano de 1997 em que se foi feita a revisão de todo o maquinário elétrico e eletro-eletrônico. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 7 de dezembro de 2006.

Curiosidades….

  • O Elevador Lacerda tem 72 metros de altura.
  • O elevador mais famoso da Bahia chega a transportar 900 mil passageiros por mês ou, em média, 28 mil pessoas por dia ao custo de cinco centavos de real por passageiro, num percurso de trinta segundos de duração.
  • O Barão de Jeremoabo (Cícero Dantas) assim registrou a pesagem, dele próprio e de outras autoridades:

“Em 16 de março de 1889 pesamo-nos no elevador, dando o seguinte resultado: Pinho – 54 quilos, ou 3 arrobas e 98 libras; Cícero – 61 quilos, ou 4 arrobas e 2 libras; Guimarães – 65 quilos ou 4 arrobas e 10 libras; Artur Rios – 73 quilos ou 4 arrobas e 26 libras; e Vaz Ferreira – 115 quilos, ou 7 arrobas e 20 libras.”

REFERÊNCIAS:

Published in: on maio 14, 2009 at 1:01 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.